III Gala dos Bombeiros Voluntários de Viseu

Já pode adquirir as fotografias da III Gala dos Bombeiros Voluntários de Viseu (1 Abril 2017) clicando aqui.

5 Maio 2015
Exercício de Mergulho LIVEX – Barragem do Vilar

Mais de 200 operacionais de todo o país participam este sábado num simulacro da queda de uma ponte em Moimenta da Beira, testando a forma de atuar perante um cenário com dezenas de vítimas e carros submersos. A praia fluvial da albufeira do Vilar, no concelho de Moimenta da Beira, foi o cenário escolhido para o exercício, que teve início por volta das 04h00, altura em que foi dado o alerta para a queda de uma ponte.

De acordo com o 2.º comandante operacional distrital de Viseu, Rui Nogueira, “está a ser aplicada toda uma dinâmica de reação e aplicação de meios como se de uma situação real se tratasse”. “Depois do alerta que alguém deu para o 112, para a queda de uma ponte e consequente queda de veículos com pessoas dentro, foram acionados os meios locais, neste caso os Bombeiros de Moimenta da Beira”.

Ao chegar ao teatro de operações, o corpo de Bombeiros apercebeu-se do “cenário complexo e tecnicamente exigente” e aciona de imediato a equipa de mergulho do distrito de Viseu. “A esta equipa coube a função de entrar na água e fazer o reconhecimento subaquático dos veículos e das vítimas. Como se trata de uma situação de exceção, com várias vítimas, localizam carros e vítimas, solicitam mais meios”, descreveu.

Queda fictícia da ponte provocou 70 vítimas No cenário montado, a queda fictícia da ponte provocou 70 vítimas (50 mortos e 20 feridos) e fez com que 14 automóveis e dois autocarros tivessem afundado, fazendo lembrar o acidente de Entre-os Rios que provocou 59 mortes, no dia 04 de março de 2001. “Há sempre risco que este tipo de acidentes ocorram, daí a necessidade de se exercitar toda uma dinâmica a aplicar em situações reais. Testam-se e afinam-se procedimentos e identifica-se o que há a melhorar e afinar”, evidenciou.

Ao longo do dia, 226 operacionais passam pelo teatro de operações, fazendo-se representar unidades de mergulho de todos os distritos do país. Do distrito de Viseu, a que pertence o concelho de Moimenta da Beira, estiverem envolvidos 75 homens, com 23 veículos terrestres e sete embarcações de socorro. Estiveram representadas a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Escola de Mergulhadores da Armada, Polícia Marítima, Serviço Municipal de Proteção Civil de Moimenta da Beira, Cruz Vermelha Portuguesa e GNR”
Fonte: Correio da Manhã

Reportagem aqui

Está a utilizar um
navegador obsoleto.

Considere instalar Internet Explorer 9+, Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Veja a nossa galeria de fotos. Clique aqui.

Já subscreveu as nossas notícias? Clique aqui.

Deseja deixar uma sugestão? Aceda à nossa página de contactos.

Visite-nos no facebook. Clique aqui.
Conheça a história da nossa Associação! Clique aqui.
Junte-se a nós e lute por esta causa. Clique aqui.
Já é sócio? Saiba como se inscrever! Clique aqui.